Bonsai de Romã – Como Cuidar Em 6 Passos Simples e Rápidos

Atualmente o bonsai de romã é um dos bonsais mais cultivados.

Essa fama aconteceu por diversos motivos, pelos quais podemos destacar:

  1. Sua beleza
  2. Sua facilidade de cultivo
  3. Suas frutas
  4. Sua facilidade em se adaptar a vários locais

Sendo originária do Mediterrâneo e da Ásia, as romãs são arbustos frutíferos que podem chegar até 7 metros de altura.

Mas nesse artigo, você vai aprender como esses arbustos se transformam em bonsais e, como cultivar esses bonsais.

O Bonsai de Romã

Bonsai-de-romã-com-frutos

Muitas pessoas dizem que a romã simboliza a fecundidade e a paixão, pois, foi uma árvore consagrada pela deusa Afrodite.

Seu nome científico é Punica granatum e, essa planta desenvolve frutas redondas que podem ser amarelas ou vermelhas.

OBS: saiba que mesmo como bonsai, a romã gera frutas

Com um cultivo fácil e, um tronco que se torce naturalmente, as romãs são ótimas opções de bonsais para se cultivar.

Por isso, abaixo eu separei as melhores dicas para que qualquer pessoa consiga ter um bonsai de romã saudável em sua casa ou jardim.

Cultivo do Bonsai de Romã

O primeiro passo para se cultivar o bonsai de romã, é saber como comprá-lo ou cultivá-lo, por isso, saiba que:

  1. Caso você compre o seu bonsai, escolha um que já esteja com o tronco grosso.
  2. Para transformar a romã em bonsai, são necessários alguns anos de cultivo na terra antes de replantá-la no vaso de bonsai, pois, ela não vai engrossar seu tronco no vaso para bonsai

Após conseguir sua romã, escolha um vaso com bom espaço para que as raízes de sua planta cresçam e, forneça um substrato simples, como akadama e terra vegetal.

Abaixo estão algumas dicas mais específicas sobre cada fator que você deve tomar cuidado para cultivar seu bonsai de romã.

Mas antes, saiba que a romã não pode ter tratamentos químicos para pragas e doenças, por isso, leia nosso artigo sobre o assunto e, aprenda como evitá-las.

Iluminação

Bonsai-de-romã

A iluminação provavelmente é o fator mais simples no cultivo deste bonsai.

Por ser um arbusto muito resistente e, que gosta muito de iluminação solar, o bonsai de romã deve ficar do lado de fora de sua casa ou, em uma janela com bastante sol.

Para que você forneça uma iluminação adequada para sua mini romã, siga as dicas abaixo:

  1. Sol direto no outono, inverno e na primavera, mas garanta que o substrato esteja úmido.
  2. Durante o verão, forneça uma proteção durante os horários mais quentes (entre às 10:00 e 16:00hrs), normalmente deixar seu bonsai em uma varanda ou embaixo de árvores pode ser uma boa opção.

Uma dica: quando a temperatura estiver menor que 5º traga seu bonsai para dentro de casa em um local com bastante luz.

Rega

A rega é um fator mais complicado para cultivar esses bonsais.

Isso acontece, pois, a quantidade de rega varia muito e, depende de vários fatores.

Por isso, você terá que aprender a olhar o substrato de seu bonsai de romã e, entender se já está na hora de regá-lo.

Alguns dos fatores que podem influenciar o período de rega são:

  • Temperatura: quanto maior, mais você vai regar
  • Umidade: quanto maior, menos você vai regar
  • Tamanho do vaso: quanto maior, menos você vai regar (isso pode variar)
  • Entre vários outros.

Devido a essa grande quantidade de fatores que podem afetar o seu cultivo, nós recomendamos que você faça o seguinte.

Utilize o seu dedo e, verifique se o substrato ainda está úmido.

A rega deve ser realizada pouco antes do substrato secar, mas tome muito cuidado para não encharcar o substrato de seu bonsai, pois, isso pode trazer doenças.

Adubação

Romã-bonsai

A adubação é algo extremamente importante para o desenvolvimento de seus bonsais.

Com ela, você vai conseguir fornecer os nutrientes que sua planta precisa para crescer, ser saudável e produzir flores e frutos.

No caso da romã, essa adubação pode ser de 2 tipos:

  1. Orgânica: realizada a partir de adubos naturais
  2. Inorgânica: realizada a partir de adubos artificiais

Normalmente a adubação orgânica é recomendada para cultivadores que ainda estão iniciando o seu cultivo.

Esse tipo de adubação é mais fraco, mas também gera riscos menores para seu bonsai.

Para adubar seu bonsai de romã de maneira orgânica, siga os passos abaixo:

  1. Utilize torta de mamona e farinha de osso
  2. A cada 2 meses adube com apenas 1 desses adubos (EX: mês 1: torta de mamona – mês 3: farinha de osso – mês 5: torta de mamona …)

Já os adubos inorgânicos requerem um pouco mais de cuidados.

Eles são mais eficientes e rápidos, mas você deve tomar muito cuidado para não adubar seu bonsai em excesso.

Para evitar este erro, nós recomendamos que você utilize apenas a metade da dosagem recomendada nas embalagens.

Por exemplo, se na embalagem é recomendado 20 ml para cada 1 litro, coloque 10ml para cada 1 litro.

Quanto ao adubo, siga essas dicas:

  • Realize a adubação a cada 20 dias
  • Não adube durante o inverno e nem durante as florações mais intensas
  • Para gerar mais flores e frutos, utilize um adubo com mais fósforo e potássio da primavera ao verão (ex: NPK 04 14 08)
  • Após realizar o replantio de seu bonsai, espere no mínimo 3 meses para realizar a primeira adubação

Escolha a melhor forma de adubação para você e, adube seu bonsai.

Poda

Normalmente a poda é realizada no início da primavera, pouco tempo após a sua árvore gerar frutos.

Chamada de poda de manutenção, essa técnica deve ser aplicada para evitar que sua árvore cresça em excesso.

Para realizá-la, você deve ter uma tesoura afiada em mãos, para evitar “torcer” os galhos de sua romã e, deixá-la machucada.

Corte os galhos que saem da zona desejada de seu bonsai.

OBS: normalmente a melhor forma para o bonsai de romã é triangular.

Transplante

O transplante é o ato de trocar seu bonsai de vaso.

Normalmente ele vai ocorrer a cada 2 ou 3 anos, sendo que plantas mais novas são transplantadas de uma maneira mais recorrente.

Durante o transplante, siga essas dicas:

  1. Limpe as raízes de seu bonsai do substrato
  2. Retire as raízes podres ou mortas
  3. Evite cortar as raízes mais grossas, pois, isso vai ressecar alguns ramos de seu bonsai
  4. Realize o transplante durante a primavera
  5. Após o transplante, coloque seu bonsai em um local protegido do sol nos horários mais fortes

Multiplicação

A multiplicação é um assunto um pouco mais avançado.

Por isso, caso você não queira realizá-la em seu bonsai, isso não vai atrapalhar em nada o seu cultivo.

Basicamente, você pode multiplicar seu bonsai de romã através de sementes ou por estaquia.

Caso você queira aprender a plantar romã, veja este artigo.

E, para aprender como realizar a estaquia, veja o vídeo abaixo.

Conclusão

Este foi o manual completo sobre como você pode cuidar de seus bonsais de romã sem nenhuma dificuldade.

Caso você queira conhecer mais espécies de bonsais, veja os artigos abaixo:

E, se você gostou deste artigo, deixe seu comentário abaixo e o compartilhe em suas redes sociais.



1 Comentário

  1. Sobre as imagens utilizadas neste artigo: elas foram encontradas no aliexpress e no mercado livre, mas nós desconhecemos os verdadeiros proprietários, por isso, não citamos nenhuma pessoa ou site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *